Como migrar do comércio físico para o on-line?

A presença on-line garante vendas para qualquer lugar do Brasil e do mundo.

Trabalhar com vendas on-line garante mais praticidade, tanto para o lojista quanto para o consumidor. É uma maneira confortável de fazer compras sem precisar sair de casa, algo que vem se tornando cada vez mais importante para as pessoas.

Ainda assim, nem todo empreendedor se sente à vontade para trabalhar com o comércio on-line. Alguns nem imaginam que poderiam estar fazendo isso, mesmo quando falamos da venda de alimentos.

Em tempos de coronavírus, muitos comércios tiveram que fechar as portas durante a quarentena, e a venda pela Internet se tornou uma ótima alternativa. Acima de tudo, migrar do físico para o on-line não é tão difícil quanto parece.

Faça vendas por diferentes canais

O termo “venda on-line”, hoje, não significa vender apenas por meio de um site. Você pode trabalhar com diferentes canais. Aliás, não só pode, como deve, já que cada consumidor tem suas preferências.

WhatsApp de negócios, Instagram e loja no Facebook são alguns dos exemplos que podem ser bem aproveitados. Seu cliente pode chegar até sua loja pela rede social e, imediatamente, já realizar o pedido por ali.

Entenda quem são seus concorrentes

Na venda presencial, você tem determinados concorrentes. Quando passa a vender on-line, sua concorrência pode aumentar um pouco. Afinal, é preciso incluir quem trabalha com o mesmo produto e vende, exclusivamente, pela Internet.

Procure entender quem são esses concorrentes, inclusive, a forma como trabalham e tentam conquistar o consumidor. É possível estudar a reputação deles em sites de reclamações para descobrir em que pontos você consegue sair na frente e se destacar.

Escolha uma boa plataforma de vendas

Vender na Internet exige que você use uma plataforma segura, para que os consumidores se sintam confiantes em realizar seus pedidos. Pesquise quais são as mais eficientes e considere fazer um investimento.

As redes sociais também te ajudam a passar confiança para o consumidor e são seguras para a realização de vendas. Ainda assim, mesmo que você já seja conhecido no meio off-line, procure mostrar que a empresa é real, quem está por trás e quais são qualidades do produto.

Atente-se ao estoque

Imagine a seguinte situação: um cliente chegou a sua loja para comprar um novo smartphone, porém, seu estoque havia acabado. Como já te conhece, pode até retornar no dia seguinte, ou na data em que informar a chegada de um novo estoque.

Agora, isso não se repete no ambiente virtual. Se você não tem o produto disponível, a pessoa fecha a sua página e encontra o que deseja no site da concorrência. Por isso, é tão importante prestar atenção ao estoque. O ideal é repor com mais frequência e estar sempre monitorando as quantidades.

Trabalhe com boas transportadoras

Se a venda acontece on-line, significa que o consumidor não deseja se deslocar para receber o produto. Então, você precisa trabalhar com um bom sistema de entrega. A Internet exige rapidez. Uma pessoa opta por comprar na loja virtual porque espera que o produto esteja em suas mãos em poucos dias.

De nada adianta você ter um bom estoque e separar tudo corretamente se o consumidor se deparar com um frete caríssimo e um prazo de entrega muito longo. Assim, faça parcerias com boas transportadoras, que tornem seus envios mais rápidos e eficientes.

Invista em um blog e nas redes sociais

Presença digital indica que você não pode apenas estar “vendendo”. Algumas pessoas até já conhecem sua loja física, mas a Internet vai permitir que você tenha mais alcance e conquiste novos clientes em qualquer parte do Brasil ou do mundo.

Então, para que todos saibam quem é você, ofereça, também, conteúdos diferenciados, por meio de um blog e das redes sociais. Às vezes, um cliente pode chegar por meio de uma postagem que nada tem a ver com venda e finalizar uma compra em sua loja virtual.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *